Fórum dos Guardas

Espaço de discussão dos interesses dos Agentes Penitenciários Federais


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Cadastro de novos membros

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Cadastro de novos membros em Sab Jan 12, 2013 10:49 am

Admin

avatar
Admin
Peço ao colegas que usem o e-mail funcional, isso melhora nosso controle de quem acessa as informações do fórum.

http://guardas.forumeiros.com

Rolim_PFMOS

avatar
14/01/2013 17h10 - Atualizado em 14/01/2013 17h10

Casal de agentes penitenciários tem carro atingido por tiros, no ES

Servidores reclamam de insegurança vivida por quem trabalha em presídios.
Sejus diz que não foi comunicada sobre o caso, mas explica como agir.
Do G1 ES

Um casal de agentes penitenciários teve o carro atingido por cinco tiros, na madrugada desta segunda-feira (14), no bairro Interlagos, em Linhares, região Norte do Espírito Santo. Os servidores reclamaram da insegurança vivida por quem trabalha em presídios. Sobre o caso, a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) explicou que não foi comunicada.

Os disparos foram flagrados pela câmera de videomonitoramento de uma empresa. Os tiros partiram de uma pessoa em uma motocicleta. “Eu já tinha chegado do trabalho e havia deitado há pouco tempo. Cheguei a ouvir um barulho e levantar, mas achei que tivesse sido um sonho. Logo em seguida, acordamos com a ligação do meu pai, que mora em cima da minha casa e tinha ouvido os barulhos de tiros também”, disse a agente, que preferiu não ser identificada.

saiba mais

Duas pessoas são mortas e três ficam feridas em atentado na BahiaEx é suspeito de jogar bomba caseira em casal de namorados, em GoiásA mulher contou que está na profissão há três anos e meio, e que nesse tempo já presenciou muitas situações dentro de presídios. “É um mundo paralelo ao que a gente vive aqui fora. Os presos têm gírias próprias, leis próprias, muitas vezes não obedecem regras, é difícil lidar com eles”, contou.

O esposo, que também é agente penitenciário, explicou que acredita ter sofrido um atentado. “No passado já sofri ameaças, mas sempre por telefone. Essa foi a primeira ameaça direta”, disse o servidor, que atualmente está afastado por motivos de saúde.

A maioria dos disparos acertou a porta do motorista, mas ninguém estava dentro do veículo no momento. “Mesmo que de uma forma direta a gente não tenha nenhum problema com presos, eles atentam contra a gente lá dentro e aqui fora. Isso que aconteceu comigo e meu marido é uma prova disso”, disse a agente.

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informou que o casal deve procurar a diretoria de inteligência da secretaria para que as providências cabíveis sejam tomadas. Além da Sejus, os servidores também podem recorrer à Polícia Civil.

Pimpas

avatar
Roberta Cristina Martins de Moraes Mendes
Enviado: quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 11:52
Para:
Marcos Aurelio Campos de Souza; Fabio Agareno de Souza Santos; Luiz Augusto Carvalho M. e Silva; Andre Moreira Araujo de Santana; João Vaz Gadelha de Aguiar; Alexander dos Santos; Silvano de Oliveira Costa; Jeferson Wagner dos Santos Campos; Rogerio Barreto Braga; Smaley Farias Rodrigues Costa; Gerson Gomes Gameiro; Reison Martins Rodrigues; Rodrigo de Souza; Sergio Alexandre Lima

Senhores,



Informo que o Grupo de Atendimento e Tratamento de Incidentes de Segurança da Informação – GATI, detectou violação quanto ao uso do e-mail institucional do Ministério da Justiça, não estando em conformidade com a Política de Segurança da Informação e Comunicações - Portaria nº 3.251, de 19 de dezembro de 2012.



O uso do e-mail institucional tem a finalidade o intercâmbio de mensagens entre os usuários da organização, no âmbito de sua Rede Corporativa e deve ser voltada a assuntos de trabalho.



É terminantemente proibido:



· O envio de mensagens a um número indiscriminado de destinatários ou que possa ser caracterizado como prática de “spam” (envio de um elevado número de mensagens capaz de causar colapso sistema).

· A disseminação de mensagens tipo “corrente”, campanhas de qualquer espécie ou anúncios particulares.

· A disseminação de mensagens para finalidades de difamação ou ataque pessoal.

· A disseminação de mensagens para afixar informação potencialmente ofensiva que violará a cultura, a ética ou a moralidade de alguém.



Esclarecendo que o uso abusivo será motivo para fechamento de uma conta, e requererá possivelmente ação disciplinar.



Atenciosamente,



Coordenação-Geral de TI

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum